PASSWORD RESET

Ensino de idiomas é alvo de investimento para Instituições

Instituições de Ensino investem no ensino de idiomas, por meio de parcerias com centro de línguas, com a finalidade de melhorar o posicionamento e destaque dos estudantes no mercado de trabalho.

De acordo com o levantamento global “English at Work”, realizado em 2016 pela Cambridge Assessment English,  apontou que 70% dos profissionais que atuam na área de Marketing no Brasil dependem de ter um bom nível do idioma bretão para ter uma carreira bem sucedida. Sendo assim, podemos dizer que os benefícios de ter domínio de um segundo idioma são notórios, independentemente da área de atuação do profissional.

Além disso, os dados também confirmam que o índice de requisito sobre o domínio da língua inglesa é de 67% nas áreas comerciais e 64% nas áreas de finanças e atendimento a clientes. Porém, quando o assunto é sobre cargos de nível de diretoria, vice-presidência e de alta gestão, em qualquer setor ou segmento, esse índice sobe para 78%.

Já em nível global, uma empresa de recrutamento chamada Page Personnel realizou uma análise que afirma que em apenas 10 anos o inglês deixará de ser um diferencial e será então um dos requisitos básicos para uma boa posição no mercado de trabalho. A estimativa é de 10 anos, mas já sabemos que essa é a postura encontrada em várias empresas nos dias de hoje. Além disso, na mesma análise dados informam que 60% das vagas já exigem o conhecimento, pelo menos básico, de inglês.

Sendo assim, muitas instituições de ensino deram o passo inicial para oferecer cursos de línguas, como o inglês, em seus campi. Portanto, por meio de parcerias com escolas de idiomas ou com projetos próprios, essas instituições oferecem cursos de qualidade para seus alunos para que eles tenham o diferencial competitivo básico para quando iniciarem as suas carreiras profissionais no mercado de trabalho.

Sendo assim, instituições de ensino superior oferecem aulas de inglês e espanhol.
cursos de idiomas no ensino superior. O Centro Universitário FMU é um exemplo para essa situação, com dez turmas aos sábados para o ensino de idiomas e com atualmente 200 alunos, o centro universitário oferece cursos gratuitos para quaisquer estudantes mediante a uma fila de espera.

O futuro é investir em idiomas!

Leave A Reply

Your email address will not be published.